Santo Antônio de Jesus 2011












                                                                

          História de Santo Antônio de  Jesus



Bandeira de Santo Antônio de Jesus


Brasão de Armas

História Da Cidade.

As primeiras expedições no território deste município resultaram da colonização na área do rio Jaguaripe, realizadas nos séculos XVI e XVII. Foram fatores decisivos, no povoamento destas paragens, as férteis matas com madeiras de lei e grande número de cursos d'água, atraindo plantadores de cana-de-açúcar e o estabelecimento de engenhos, além da plantação da mandioca. O primeiro povoado surgiu em torno de um oratório consagrado a Santo Antônio de Jesus, nas proximidades do rio Sururu. Município criado com os territórios das freguesias de Santo Antônio de Jesus e de São Miguel da Nova Laje, desmembrados de Nazaré, pela Lei Provincial de 29.05.1880. Teve o nome simplificado para Santo Antônio em 1931, recebendo em 1938 novamente a denominação de Santo Antonio de Jesus. A sede foi elevada à categoria de cidade através Ato Estadual de 30 de junho de 1892.




                                  Prefeitura.

Muito forró, em uma festa típica do interior baiano, e muita animação, no dia 13 de junho, data em que a cidade homenageia seu padroeiro, Santo Antônio, com um grande ato de fé e festa de largo. O evento conta com estrutura de 50 barracas com comidas típicas da região, novenas, missas, procissão e shows, em várias ruas da cidade.

Santo Antônio de Jesus também reserva quatro dias de festa, que mantêm viva as tradições juninas. Os festejos do São João na cidade vão de 22 a 25 de junho, período em que o município recebe grande número de visitantes e turistas.

Com uma megaestrutura, a festa deve ser realizada em dois espaços que vão proporcionar ao visitante mais curtição ainda. São o palco geminado (com uma estrutura interligada à outra) em uma área de 22 mil m², e a Vila do Forró, com coreto, onde serão tocados os maiores sucessos do forró pé de serra.

Para garantir uma festa pra lá de agitada, o município traz grandes atrações para os moradores e visitantes que sempre retornam à cidade no São João que tem como slogan “Tradição de Verdade”. A cidade faz uma das melhores festas juninas do Nordeste. É costume relembrar as características originais da festa popular, mantendo vivas as tradições do São João, como ornamentação de barracas, pular a fogueira com o pau de fita, dançar o tradicional pé de serra, subir no pau de sebo, enfim, manter velhos costumes que retratam os festejos juninos, tudo isso regado a muitos quentões, licores e iguarias típicas.